SNGPC
Home Pedido Downloads Renovação Suporte Treinamento Quem somos Contacte-nos
SNGPC
Começando a usar o SNGPC em 3 passos - tutorial Se você gostou, recomende   Recomerdar no Facebook Recomerdar no Twitter Recomerdar no Orkut

 

SNGPC Iniciando - dicas

Cadastrando o seu Inventário

SNGPC Passo 1

Importando o seu Inventário para o SNGPC Remoto

Entre no SNGPC Remoto (se ainda não baixou o software, clique aqui) e acesse a opção Inventários - Importação do Inventário feito na Anvisa. Configure as opções de importação que deseja, clique em Iniciar a importação e aguarde o término. Veja tela abaixo :

Após a importação, o SNGPC Remoto estará com todas as informações digitadas na Anvisa. Não será necessário redigitação de inventário manual no sistema. Ao finalizar o sistema fornece instruções sobre a partir de qual data o usuário poderá digitar as suas  movimentações do estoque.

 

SNGPC Passo 2

Cadastrando movimentações

Escolha a Movimentação desejada : Notas Fiscais, Receitas ou Perdas.

 

SNGPC Passo 3

Transmitindo o arquivo XML para a Anvisa

Entre na opção Transmissão - Transmissão de arquivos para a Anvisa. Selecione o período que quer transmitir e clique em Transmitir.

Toda a movimentação digitada no período será transmitida automáticamente para a Anvisa.

 

 

Para usuários que querem trocar de software :

Para você que já tem um inventário cadastrado e confirmado no site do SNGPC,  já usa algum software de transmissão mas quer por qualquer motivo trocar de software e usar o SNGPC Remoto, veja como é simples :

  • Basta pular o Passo 1 - Cadastramento de inventário, pois você já o tem cadastrado.

  • Siga as instruções a partir do passo 2 - Importação e já comece a movimentar e transmitir seu estoque pelo SNGPC Remoto.

Há muitos softwares no mercado (especialmente os ditos "gratuitos" - aqueles dos laboratórios) que não possuem importação de inventário da Anvisa, fato que obriga o usuário a digitar o inventário 2 vezes. Uma na Anvisa e outra no sistema.  Essa operação acarreta sérios problemas posteriores pois a digitação é humana e passível de erros. Se digitar um número de lote no site e o mesmo lote no sistema e errar (por exemplo um dígito) , já é o bastante para a Anvisa rejeitar seus arquivos XML, pois o que foi digitado no inventário no site está diferente do que digitou no software. E você fica sem saber o que aconteceu pois acha que digitou correto, põe a culpa na ANVISA e diz que o SNGPC não funciona e outras coisas mais....  E aí o que acontece ? No seu Status de transmissão aparecem as mensagens :

 

MEDICAMENTO - SAÍDA POR VENDA: A quantidade vendida (1) do produto de número de registro (X.XXXX.XXXX.XXX-X - MEDICAMENTO NÃO LOCALIZADO) do lote (ZZZZZ) é maior que a quantidade em estoque. Para obter informações sobre essa mensagem de erro visite o endereço http://www.anvisa.gov.br/hotsite/sngpc/mensagens_de_validacao.htm.
<MEDICAMENTO - SAIDA POR VENDA: O lote (YYYYYY) do produto de numero de registro (X.XXXX.XXXX.XXX-X) não foi encontrado nem no inventario inicial nem nas transacões de compras informadas>
<MEDICAMENTO - SAIDA POR VENDA: A quantidade vendida (1) do produto de numero de registro (X.XXXX.XXXX.XXX-X) do lote (YYYYYYYYY) e maior que a soma das quantidades de estoque e das transacões de entrada, perda e transferencia.>
MEDICAMENTO - SAÍDA POR VENDA: O medicamento de número de registro (y.YYYY.YYYYY.YYY-Y - MEDICAMENTO NÃO LOCALIZADO) não foi encontrado na base de dados da ANVISA.

Se você está recebendo qualquer uma dessas mensagens da Anvisa, faça um favor a si mesmo: Utilize o SNGPC Remoto com  importação de inventário e dê adeus a esse aborrecimento ! (e em alguns casos aos fiscais da VISA também)

Quero trocar de software

     
 
Situações possíveis do seu inventário